Estamparia do Futuro

Quadricromia na Serigrafia – Intermediário

Quadricromia na Serigrafia – Intermediário

Compartilhe esse post!

Técnica de impressão que, através de pequenos pontos de retículas, reproduz cores sobrepondo-as. Algumas de suas características são o uso de tintas transparentes e cores primárias (ciano, magenta e amarelo). Ainda que o preto não seja considerado uma cor de cromia, é fundamental no detalhamento do contraste e área de sombra, nas imagens.

Neste artigo vamos mostrar as etapas para construção de um trabalho em quadricromia.

O primeiro passo é ter um bom arquivo. É imprescindível que a imagem esteja em uma resolução compatível com a resultado desejado.

Além disso um não podemos abrir mão de um fotolito de qualidade, ele precisa ser muito eficiente nas áreas de preenchimento para bloquear a passagem de UV, e nas áreas transparentes não podem fazer filtragem dessa luz. O fotolito vai ser determinante para estabelecer limites como área de mínima, máximo e LPI que será impresso.

A arte, foi desenhada exclusivamente para a Genesis, logo a mesma apresenta ótima qualidade de entrada para sua reprodução.

O trabalho em questão, foi impresso em tecidos preto e branco, com a utilização de 4 cores + base branca para dar suporte às demais cores, sendo a cor branca realizada como base reticulada, para conferir melhor toque na estampa.

 

Especificação para realização do trabalho

Fotolito transparência cristal com retícula de 50 LPI

Emulsão: Global YTEX – uma aplicação externa e interna

ela: 77.48 fios

Tintas: branco plastisol free super macio + plastisol cromia stamp soft

Preparação da matriz

Desengraxe
Emulsionamento
Exposição na mesa UV LED
Acabamento (fechamento das áreas abetas)

Impressão

Para obter melhor resultado é necessário fazer testes de sequência antes da impressão em definitivo.
Nesse trabalho foram feitas 2 sequências diferentes para cada cor de tecido.
Sequência tecido branco: K+Y+M+C.
Sequência tecido preto: BR+Y+C+M+K

Tinta

Utilizamos tintas com concentração pigmentar diferentes na impressão com e sem base branca.
Com base branca utilizamos concentração pigmentar original, nos impressos sobre tecido branco, “cortamos” 30% o ciano e o magenta.
Na impressão em tecido branco foi aplicada uma demão de cada cor com duas puxadas.
No tecido escuro foram 2 demãos de branco com duas puxadas cada, e às demais cores uma demão com 2 puxadas.

Pré-cura

A pré-cura foi realizada com flash cure manual.

 

Cura

A cura final foi na prensa térmica a 175C° 10 segundos, utilizando uma manta de silicone.
Recomendamos que a cura final siga as orientações do fabricante da tinta.

 

 

Resultado

 

Como características que faz a técnica crescer ao longo dos anos, a quadricromia é capaz de formar centenas de tons utilizando apenas 4 cores (5 nos casos de tecidos escuros), ela demonstra ser um método muito versátil e econômico no ponto de vista de quantidade de telas e formulação de cores especiais.

O seu comentário é muito importante pra nós!
Comente abaixo e compartilhe em seus grupos de serigrafia!

Compartilhe esse post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares